Conhecer a plataforma

5 desafios no processo de consolidação contábil


A gestão do departamento financeiro exige atenção a uma série de desafios para as grandes companhias. Um deles é conduzir o processo de consolidação contábil, reunindo as demonstrações contábeis das empresas do grupo. 

Para tanto, é preciso utilizar uma metodologia consistente, baseada em dados confiáveis, tendo acesso a relatórios completos e detalhados, com agilidade e precisão. 

Tudo isso leva à redução do tempo de fechamento mensal e, consequentemente, aumenta a eficiência operacional da área. Neste cenário, gerenciar o processo de consolidação contábil com êxito  requer cuidado, planejamento e foco. 

Além da revisão e otimização de processos, o investimento em automação pode melhorar muito a performance da área, garantindo agilidade e qualidade nas entregas. Neste artigo, apresentamos as principais questões que o profissional da área precisa ter em mente para otimizar  a consolidação contábil de maneira eficaz.

Principais desafios da consolidação contábil

A consolidação contábil é a unificação das demonstrações financeiras – como Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE), Fluxo de Caixa (DFC) e Balanço Patrimonial (BP) – das empresas subsidiárias, pela controladora.

De tal modo, esse é um processo importante para as grandes companhias porque fornece uma visão completa da saúde financeira da corporação. Assim, é possível identificar, inclusive, as possíveis dificuldades e fraquezas das empresas subsidiárias, pensando em como promover melhorias.

Além disso, o número de demonstrações financeiras para consolidar e revisar é grande, porque são várias empresas subsidiárias e o objetivo é ter os documentos de todas em dia. A seguir, apresentamos os principais obstáculos a serem superados na consolidação contábil de uma organização. Confira:

#1 Implementar ferramentas e sistemas

A digitalização dos processos é fundamental para facilitar a entrega das demonstrações e o processo de consolidação contábil. Ainda hoje, 70% das empresas de médio e grande porte  usam o Excel para elaborar orçamentos e relatórios. Essa rotina de trabalho leva a erros frequentes, acarretando, inclusive, em prejuízos com multas.

Além disso, quando feita manualmente, essa tarefa exige muito tempo e energia dos profissionais do departamento financeiro, porque precisam coletar, filtrar, controlar e consolidar todos os dados nas planilhas. 

Em síntese, manter os dados em planilha é pouco produtivo, desgastante e envolve um grande risco  de erros.

#2 Centralizar os dados e indicadores em uma única plataforma

Muitas empresas usam vários sistemas de negócios, coletando dados em plataformas diferentes. Na prática, para a consolidação contábil, essa pluralidade de sistemas torna a gestão dos processos ainda mais complexa. 

Para evitar isso, é importante pensar em uma estratégia para integrar os diferentes sistemas ou, melhor ainda, manter um único software com todos os dados centralizados em um só lugar. 

Essa boa prática elimina a coleta manual de dados, otimizando o trabalho dos profissionais, diminuindo o risco de erros e aumentando a qualidade das demonstrações contábeis. Dessa maneira, concluir o processo de consolidação contábil também se torna mais simples.

#3 Gerenciar e ajustar o plano de contas

O plano de contas contábil é a melhor maneira de identificar as contas da empresa usando códigos e classificações para fazer os registros de entradas e saídas.

As grandes companhias, que têm várias empresas em sua estrutura, devem garantir que os profissionais do departamento financeiro façam os ajustes manuais do plano de contas para consolidar os demonstrativos. 

Neste caso, ainda que a organização use um sistema, como a realidade de cada empresa da sua estrutura é única, torna-se essencial que o processo seja feito manualmente.

#4 Considerar a conversão de diferentes moedas

Um dos desafios da consolidação contábil é lidar com moedas diferentes de maneira sistemática, evitando qualquer tipo de erro.

Portanto, o gestor deve garantir que as conversões de moeda sejam tratadas corretamente no sistema contábil, a fim de evitar falhas e problemas maiores na entrega das demonstrações contábeis.

#5 Automatizar a entrada de dados 

A consolidação contábil não acontece com o clique de um único botão. Esse processo é um exercício rigoroso que exige dados e indicadores precisos, gestão de projeto completo com todos os envolvidos e, claro, conformidade com as diretrizes previstas na legislação.  

Neste contexto, a automação de processos tende a facilitar e otimizar muito a entrega das demonstrações contábeis. Contudo, é importante que o gestor saiba escolher o sistema contábil adequado. 

Caso contrário, a automatização das transações manuais pode ser demorada e complexa se o sistema não oferecer os recursos adequados para a digitalização dos processos contábeis.

Para superar esses desafios, garantindo sucesso na consolidação contábil, busque implementar uma solução completa, com recursos essenciais, dedicados a orçamento, relatórios e tantos outros processos contábeis.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre outros temas? Continue acompanhando o blog!



Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *