Conhecer a Plataforma

BI ou CPM: Qual a melhor solução para acompanhar os indicadores da sua empresa?


É comum confundir as ferramentas de Business Intelligence (BI) com as plataformas de Corporate Performance Management (CPM) e entendê-las como sinônimos. Mas atenção! Os recursos variam muito entre uma e outra, principalmente no que diz respeito à inteligência embarcada.

Apesar de ser visto como uma opção acessível em um primeiro momento, o BI oferece uma visão limitada que pode comprometer a gestão eficaz da empresa. Por ser um recurso estruturado de forma manual ele demanda constante atualização e a dedicação exclusiva de um profissional. A longo prazo isso pode se tornar um alto investimento de tempo e pessoal, para pouco retorno analítico e estratégico.

Já o CPM, ao basear a leitura e análise dos dados em algoritmos complexos e de inteligência, garante uma geração constante, segura e precisa de informações. Além de contribuir com a visualização dos históricos financeiros e contábeis, ele possibilita que informações gerenciais sejam incluídas nos cálculos e projeções de métricas e indicadores. Assim, o CPM oferece uma visão ampla do período já transcorrido e uma base robusta para projeções e modelagens de curto, médio e longo prazo.

BI: a ferramenta para agrupar e analisar o passado do negócio

Os serviços de BI surgiram diante da necessidade de uma análise rápida de um volume crescente de dados disponíveis. Seu objetivo principal é reunir os dados de diferentes fontes em um único local e a partir deles gerar dashboards para facilitar a visão dos números das empresas em tempo real.

Ou seja, é uma série de processos que transformam dados brutos, de diferentes áreas, em informações úteis para compreensão da eficiência do negócio. O principal objetivo das ferramentas de BI é a localização de padrões e tendências nos números das empresas. Por isso que ele se volta aos dados do passado, para observar o que tem funcionado e indicar a continuação desse plano.

CPM: dados do passado e olhar estratégico sobre o futuro para uma tomada de decisão segura no presente

O CPM é uma solução completa de processamento de dados, com base em metodologia, para cobrir as entregas da área financeira. Ou seja, além de oferecer todos os recursos do BI, ainda conta com algoritmos inteligentes capazes de cruzar informações, e assim analisar inconsistência e criar visualizações automatizadas. Essas plataformas são úteis na rotina financeira das empresas pela capacidade de elaborar demonstrações gerenciais necessárias para análises com foco estratégico.

Entre as principais funcionalidades de um CPM estão: automatização de demonstrações financeiras; análise de inconsistências; planejamento/modelagem de cenários e riscos; consolidação contábil; reportes financeiros; revisão de dados e criação de dashboards de monitoramentos dos indicadores-chave da empresa.

Para empresas que tem claro seus objetivos e quais indicadores acompanhar, um software CPM se mostra um aliado de grande valor. A partir dele será possível prever caminhos, estabelecer metas e acompanhar as métricas.

O Accountfy é um BI?

Diferente do que muitos pensam, o Accountfy não é um BI – assim como não é um ERP -, mas sim um CPM. A plataforma recebe os dados contábeis, que podem ser gerados pelo ERP – balancete ou razão – e, por meio de algoritmos proprietários, e os transforma em informações gerenciais.

Além disso, a criação de diversos cenários para a previsão de orçamentos, investimentos e cortes também é uma funcionalidade importante da plataforma. Com as simulações baseadas em uma metodologia robusta, o CFO tem dados mais confiáveis para tomar as decisões que impactam as operações da empresa, reduzindo os riscos de informações imprecisas. Além de garantir um tempo preciso com base no acompanhamento de indicadores, como a taxa de crescimento composta, para fazer mudanças necessárias em tempo hábil.

Um exemplo de utilização do Accountfy, para uma resposta rápida às mudanças constantes do mercado com uma visão gerencial panorâmica e confiável dos dados, é o caso do CFO Lucas Nabeiro. “Eu não fico sem o Accountfy para não perder minha visão, meus controles… uso como uma espécie de BI (business intelligence) também“, explica Nabeiro.

Ao referir-se à visão e controle o diretor financeiro indica recursos característicos de uma plataforma CPM. Um está diretamente relacionado ao planejamento e acompanhamento de cenários e riscos. Enquanto o outro se vale do uso de algoritmos inteligentes para a organização dos dados e de distintos recursos para análise. E para além disso, a solução ainda abrange uma das principais funcionalidades do BI: a visualização no formato de dashboards e indicadores.

Isso só é possível porque o Accountfy é um CPM. Ou seja, para além da modelagem e análise de distintos cenários, ele permite fazer o monitoramento e gerenciamento do desempenho e dos números da empresa.

Por que escolher o CPM?

As ferramentas de BI demandam um longo processo de implantação, pois buscam os dados em diferentes fontes, o que requer constante atenção de um profissional de TI para o controle dos fluxos após cada mudança nos bancos de dados. Isso ocorre pois o processo analítico e de cruzamento de informações desenvolvido pelo BI segue caminhos pré-estabelecidos pelo usuário. Logo, diante de qualquer alteração no posicionamento dos dados, a leitura por parte da ferramenta será comprometida.

Por outro lado, o CPM costuma trabalhar com parametrização que identifica automaticamente as linhas das contas contábeis no balancete e no razão, independente da variação de tamanho dos relatórios ou alterações de posição de dados. Por basear-se em uma metodologia para a construção de um processo inteligente de captação e análise de dados, o CPM atua de maneira automatizada, dispensando o envolvimento de uma equipe de TI.

Confira um quadro com as principais diferenças:

tabela de comparação BI e CPM

Por isso, após refletir sobre a necessidade do seu negócio, busque informações sobre as plataformas, entenda os investimentos de capital humano e financeiro, o tempo de implantação, a necessidade envolver o time de TI e os benefício a curto, médio e longo prazo que ambas irão gerar. Mas lembre-se: o CPM sem o BI segue gerando informação gerencial estratégica e relevante para o futuro da empresa, já o BI sem o CPM é como um histórico que pode não gerar novas possibilidades de interpretação.

Quer conhecer melhor a solução ofertada pelo Accountfy? Solicite uma demonstração!


Para citar esse artigo

BI ou CPM: Qual a melhor solução para acompanhar os indicadores da sua empresa? Accountfy, 18 set. 2020. Blog. Disponível em: <https://www.accountfy.com/bi-ou-cpm>. Acesso em: dia, mês e ano.



Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *