Conhecer a plataforma

O desafio de otimizar tempo nas análises financeiras


Em uma jornada de crescimento constante, muitas empresas entram no desafio de otimizar a forma como fazem suas análises financeiras, principalmente em termos de tempo. Isso não foi diferente para a Fiagril. Com mais de 30 anos no mercado, ela é referência no setor de agronegócio, em especial no fornecimento de fertilizantes, defensivos, sementes, micronutrientes e serviços para o setor agrícola, além de possuir diversas unidades nos Estados de Mato Grosso, Amapá e Tocantins.

Em 2016, a Fiagril conseguiu mais um marco de crescimento, ao acertar a participação da empresa chinesa Hunan Dakang International Food & Agriculture Co Ltd., controlada pelo PengxinGroup, listada na bolsa de Shenzhen. Com a companhia em plena expansão, a área financeira da Fiagril precisava centralizar as informações financeiras e automatizar processos e adequar os relatórios e análises com base em unidades de negócios e centros de custos.

Isso porque a gestão financeira ainda era baseada em inúmeros relatórios e planilhas que prejudicavam a geração de informações e, consequente, a tomada de decisões. “Eram planilhas que já estavam na versão 43… Eram muitas, e isso dificultava saber qual era o número final”, afirma Ronnie Motta, diretor financeiro da Fiagril. 

Otimização de tempo na geração de análises financeiras

Ao entrar na Fiagril como diretor financeiro, Motta sabia que o desafio era otimizar as atividades manuais e gerar produtividade, obtendo de forma ágil não apenas a visibilidade das finanças macro do grupo, mas também da distribuição nas diferentes unidades de negócios, centros de custos e gestão de indicadores-chave, ajudando ainda no reporte aos investidores.

Abaixo você confere um depoimento de Motta sobre sua estratégia para enfrentar a jornada de otimização de tempo nas análises financeiras.



Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *